28 de mai de 2014

três anos depois...

Três anos se passaram e com eles, muitas coisas...

Coisa de criança acontece o tempo todo, e vai demorar a atualização. Farei o possível.

A Elis já não é mais aquele bebezinho que falava tudo errado e se entupia de chocolate. Mas continua uma criança linda, engraçada e muito, muito inteligente. As tiradas foram aprimoradas, a ironia flui dessa criança naturalmente e a inocência de quem descobre o mundo dá lugar à perspicácia de quem faz parte dele.

Conheçam a Elis de hoje: seis anos e sete meses de puro carisma, a criança mais loira e mais perguntadeira que já existiu. Incansável, irresistível e tagarela. Continua dormindo pouco e falando muito.

Outro dia, me deu uma aula sobre o funcionamento do corpo. Frente a uma recusa para comer mais doces, tentou me explicar, de um jeito só dela, porque precisava deles:

- Mas mãe, eu preciso do açúcar, ou meu corpo não vai produzir energia.
(...)
- Sério, mãe, presta atenção: a comida ajuda a produzir um tipo de energia, mas eu preciso também, além da comida, do doce, porque a energia mais importante é a que o corpo tira do açúcar.

- Elis, tem uma barra de chocolate no armário da cozinha.


Nenhum comentário:

Postar um comentário